Leo Gandelman

Biografia

Leo Gandelman é um artista múltiplo, compositor, arranjador. Instrumentista versátil que vai do pop à música clássica com a mesma desenvoltura. Leo escreveu uma bela página na história da MPB, participando de gravações antológicas de praticamente todos os grandes nomes da música brasileira. Foram participações em mais de 1000 discos. Seu álbum “Solar”,  foi um marco na história da música brasileira, indicado para cinco categorias do Prêmio Sharp (atual “Prêmio da Música”): disco, música, arranjo, instrumentista e produtor. Com Solar, chegou a vender mais de 100 mil cópias, volume extraordinário para uma obra instrumental no Brasil, o que tornou Leo um artista pop. Com mais de 500 mil discos vendidos até hoje e 30 anos de carreira solo, Leo Gandelman é hoje um dos mais influentes músicos brasileiros, um ícone da nossa boa música. Leo Gandelman se dedica também à produção audiovisual, já tendo feito diversas trilhas para cinema e [...]

Ler mais »

Prêmios

  • TIM 2007 como “Melhor Disco Instrumental – (CD “Radamés e o Sax”)“ e “Melhor produtor”.
  • Melhor trilha sonora – Festivais de Cinema de Recife e Belém com filme “Estrela Solitária” a vida de Garrincha.
  • 15 vezes eleito ‘Melhor Instrumentista’, prêmio “Diretas na Música”, Revista Programa, Jornal do Brasil.
  • Disco de Ouro como Produtor do CD “Virgem”, Marina Lima.
  • Troféu Brahma.
  • APCA: “Melhor Instrumentista” em 1990 e “Melhor Produtor” em 1991.
  • Troféu UBC.

TV, Rádio e Cinema

    TV

    Trilha sonora na novela “Guerra dos Sexos” com o tema “VIP VOP” – TV Globo;

    Trilha sonora da minissérie  “O sorriso do lagarto”, com a música “SOLAR” (Leo Gandelman e William Magalhães”;

    Trilha sonora na novela “Vale Tudo” com a música “Sem Destino”, tema de Glória Pires;

    Trilha sonora na novela “Mulheres Apaixonadas” com a música “As rosas não falam”;

    Trilha sonora na novela “Brega e Chique” com a música “A Ilha”;

    Trilha sonora na novela “Pantanal” com a música “Castigo”.

    Trilha incidental das novelas “Vidas Opostas”, “Vidas em Jogo”, “Caminhos do coração”, “Promessas deAmor” e “Ribeirão do Tempo”- TV Record;

    Apresentador do “Momento Jazz“ – Canal Multishow (Globosat/Net);

    Trilhas para o programa “Globo Ecologia” e “Globo Ciência“ (TV Globo);

    Intérprete do tema de abertura do programa Fantástico (Rede Globo) – “Free Jazz Festival”;

    Apresentador do programa semanal “Free Jazz In Concert“ – TV Manchete;

    CINEMA
    • Trilhas Sonoras dos filmes: “Pure Juice”, “Rádio Pirata” e “Banana is my Business”.
    • Trilha Sonora do filme “Estrela Solitária“, sobre a vida de Garrincha e com a qual ganhou o prêmio de “melhor trilha original” nos festivais de Recife/PE, “Ver o Peso (Belém do Pará ) e Brasília;
    • Co-produção com Jaques Morelembaum na trilha do filme “Paid”, do diretor holandês Laurence Lamers;
    • Trilha incidental de “Palavra en-cantada”- de Helena Souberg e Marcio DB;
    • Trilha Sonora do documentário longa-metragem “Moacyr” de Walter Carvalho;
    • Trilha sonora do Filme “Budapeste” de Walter Carvalho – Baseado no Romance de Chico Buarque;
    • Trilha Sonora para o documentário “O Engenho de Zé Lins de Wladimir Carvalho“;

    RÁDIO

    • Apresentador e produtor do “Instrumental MPB” na radio MPB FM/RJ.

Produtor Musical

  • Todos os seus álbuns.
  • Flora Purim e Airto Moreira
  • “Virgem” – Marina Lima.
  • “Jogo de Ilusões” – Nico Rezende.
  • “Plural” – Gal Costa.
  • “Berimbaum” e “Telecoteco” – Paula Morelembaum.